TURMA 2023 - PÓS GRADUAÇÃO EM ACUPUNTURA MÉDICA - INÍCIO MARÇO-2023

Moxabustão para relaxar e aliviar as dores

Moxabustão para relaxar e aliviar as dores
Alexandre Hashimoto Pereira Lopes
FONTE: http://www.dol.inf.br/Html/Edicao/Alerta2.asp


O nosso corpo reflete cansaço e sinais incômodos de dor após uma rotina exaustiva de trabalho, que podem evidenciar uma sobrecarga e desarmonia da nossa qualidade de vida e bem-estar. Essas dores podem ser de origem muscular, tensional e, até mesmo, advindas de cervicalgias, osteoartrite, reumatismo, depressão, entre outros.

Diante de uma síndrome dolorosa proveniente do nosso cotidiano hostil, diversas terapias alternativas têm sido utilizadas para se obter alívio e tratamento, tais como: técnicas shiatsu, acupuntura, homeopatia, pilates e psicoterapias.

Vale destacar que essas modalidades de tratamento somente terão resultados quando são individualizadas, visando a necessidade de cada um e intervindo na origem do problema, além de associar os usuais analgésicos e AINES, que contribuem no alivio da dor. O objetivo é restabelecer um padrão de saúde adequado, devolvendo aspectos positivos ao paciente.

Evidências clínicas de qualidade variável têm demonstrado que o emprego de terapias orientais tem sido muito aceitas e vem ganhando mérito no que diz respeito a melhorias das condições dolorosas.

A moxabustão é uma técnica terapêutica da medicina tradicional chinesa, a qual utiliza o princípio do calor, pela queima de um bastão (moxa) contendo extrato de artemísia (artemisia vulgaris ou artemisia sinensis). Essa técnica milenar – também conhecida como Jiú (pinyin), que significa literalmente, “longo tempo de aplicação do fogo” – vem sendo considerada nos dias de hoje uma espécie de acupuntura térmica.

Acredita-se que a moxabustão possa ter efeitos imunomoduladores e antiinflamatórios contra síndromes dolorosas de caráter crônico. Além disso, o tratamento pelo calor da moxa promove penetração térmica profunda, melhorando a vascularização da região submetida à aplicação.

Vale destacar que esses achados são evidências empíricas clínicas utilizadas de forma terapêutica visando uma nova possibilidade de tratamentos, associado à terapia medicamentosa. Essa alternativa vem para somar aos tratamentos primários, não excluindo a indicação correta do tratamento acompanhado de um especialista.


REFERÊNCIAS
Chen R, Chen M, Kang M, Xiong J, Chi Z, Zhang B, Fu Y. The design and protocol of heat-sensitive moxibustion for knee osteoarthritis: a multicenter randomized controlled trial on the rules of selecting moxibustion location. BMC Complement Altern Med. 2010;10:32.


FONTES

* http://oglobo.globo.com/vivermelhor/mulher/mat/2011/04/15/nos-testamos-moxabustao-para-relaxar-aliviar-as-dores-924248336.asp
* http://www.nugabest.dk/en/principles/74-moxibustion.html

+ posts

Médica Pediatra e Especialista em Acupuntura. Área de Atuação em Dor pela AMB (Associação Médica Brasileira).

Coordenadora do Curso de Especialização em Acupuntura do CEIMEC – Centro Integrado de Estudo em Medicina Chinesa

Médica colaboradora do Ambulatório de Acupuntura do Centro de Dor da Neurologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Professora do Curso de Especialização em Acupuntura do CEIMEC – Centro Integrado de Estudo em Medicina Chinesa.

Compartilhe em suas redes sociais

Especialização em Acupuntura Médica

Reconhecida pelo Colégio Médico Brasileiro de Acupuntura 

Próxima turma em MARÇO de 2023 – INSCREVA-SE COM DESCONTO