PRÉ-MATRÍCULA - Curso de Especialização em Acupuntura Médica CEIMEC - Início ABRIL 2022

Agulhamento a seco: O que é e para que serve

Agulhamento a seco ou dry needling é o nome do tratamento para dor miofascial que tem se popularizado entre profissionais de saúde e pacientes. 

Se trata de um método terapêutico simples, rápido, seguro e eficaz no controle de lesões dolosas e inflamações musculoesqueléticas. 

Ao longo deste artigo você poderá conhecer de forma aprofundada a técnica e seus benefícios. Acompanhe. 


O que é o agulhamento a seco?

O agulhamento a seco é um procedimento que envolve o uso de uma agulha muito fina, que ao ser inserida e manipulada por meio da pele estimula um ponto de gatilho muscular.

Ao penetrar esse ponto é produzida uma resposta de contração local, o que sugere a estimulação do ponto de gatilho, e que haverá, portanto, uma resposta terapêutica. 

O tratamento é bastante seguro e eficaz, oferecendo benefícios imediatos, embora mais de uma sessão possa ser necessária para eliminar totalmente o ponto de gatilho. 


O que ao agulhamento seco faz?

Imagine um botão capaz de reiniciar o músculo, essa seria a função do ponto de gatilho. As agulhas são capazes de acionar esse “botão” provocando relaxamento muscular, melhorando a amplitude do movimento e aumentando o fluxo sanguíneo para a região. Como consequência, há redução da dor. 

O agulhamento a seco é indicado para tratar dores agudas e crônicas, como aquelas causadas pela fibromialgia, uma síndrome dolorosa crônica. Também pode ser recomendado para casos mais comuns como dores de cabeça, dor lombar, dor ciática ou ombro congelado, fascite plantar e chicotada.

As agulhas utilizadas são as mesmas da acupuntura, são agulhas esterilizadas de aço inoxidável, mais finas que um fio de cabelo humano. 

Por serem muito finas, não causam dor. Porém, enquanto na acupuntura a pessoa pode sentir um leve formigamento, no agulhamento a seco a sensação descrita é de como se o músculo agarrasse a agulha, seguida por um momento de relaxamento muscular. 


O que é o ponto gatilho?

O ponto gatilho é um nódulo palpável e hipersensível que causa dor e limitação funcional nos músculos. Localizado nas bandas musculares, está associado ao encurtamento dos sarcômeros por disfunção bioquímica, alteração do pH, hipóxia ou aumento da concentração da substância P.

Ele é  a principal causa de disfunções musculoesquelética, acompanhadas de dor, espasmo, rigidez e fraqueza muscular em 30-85% dos casos. 


Agulhamento a seco


Como é feito o tratamento?

Embora tenha princípios diferentes da acupuntura, o procedimento possui diversas similaridades. 

Primeiramente, o objetivo do tratamento é que a agulha atinja o músculo alvo. Não é necessária anestesia. Algumas pessoas relatam um leve desconforto, mas que é bem tolerado pela maioria. 

Os benefícios começam a aparecer logo na primeira sessão, contudo, a quantidade de sessões necessárias será avaliada pelo especialista responsável pela técnica. 


Como funciona o agulhamento a seco?

Ainda não está totalmente conhecida a fisiologia do ponto de gatilho. Acredita-se que o agulhamento induza uma resposta local e central capaz de estimular o metabolismo da região à homeostase, o que se traduz em uma redução de sensibilização periférica e central de dor.

De acordo com as pesquisas, o tratamento provoca sensibilidade reduzida e ativa mecanismos de controle descendente no cérebro e na medula espinhal. Como consequência, aumenta o limiar de dor e amplia a capacidade de movimentação de pacientes afetados por disfunções musculoesqueléticas. 

Exitem ainda algumas evidências de que a técnica seja capaz de alterar a atividade neuromuscular disfuncional dos músculos, o que produz efeitos como redução do tônus e reajuste das vias neuroquímicas. 


Agulhamento a seco e acupuntura são a mesma coisa?

De acordo com o Colégio Brasileiro de Acupuntura Médica, sim: 

“Acupuntura é, pela própria definição etimológica da palavra, um agulhamento, uma inserção de agulha. “Agulhamento seco” vem do inglês “dry needling”, inserir uma agulha sem nada injetar, conceito que se opõe a “wet needling”, o uso de uma agulha para injetar uma substância, fazer uma infiltração de fármaco. Todo “agulhamento seco” é Acupuntura – e vice-versa.”


Agulhamento a seco


Benefícios

A seguir discorreremos sobre os principais benefícios do agulhamento a seco, útil também para compreendermos para que serve esse método terapêutico. 


Redução da dor

Já foi comprovado por meio de diversos estudos que o agulhamento a seco é eficaz para alívio de dores musculoesqueléticas, essa é, provavelmente, a sua principal indicação. 

A exemplo podemos citar um estudo de 2007 publicado no American Journal of Physical Medicine and Rehabilitation, que demonstrou uma redução significativa da dor em pacientes com dor bilateral no ombro após o tratamento. 

Para analisar o real efeito da terapia, o agulhamento foi aplicado em apenas um dos lados do corpo, de forma que o lado tratado pudesse servir de referência quanto aos efeitos da técnica se comparado ao outro. 

Constatou-se, assim, que no lado da intervenção houve significativo aumento da amplitude de movimento ativa e passiva e ainda um aumento do limiar de dor, ou seja, alívio do desconforto. 


Melhora do movimento

As pesquisas voltadas aos efeitos do agulhamento a seco também demonstraram uma considerável melhora na amplitude de movimentação da área afetada. 

Além do estudo descrito acima, que também serve de referência nesse caso, podemos citar um relato de caso de 2010 publicado na Acupuncture in Medicine.

Foram acompanhadas e tratadas 4 atletas internacionais de vôlei feminino durante uma fase competitiva intensa de um mês.

O grupo passou por duas avaliações focadas em movimento, força e dor, uma antes e uma após o período de intervenção. 

O resultado foi que as pontuações melhoraram consideravelmente após o tratamento. Além disso, como não apresentaram fraqueza funcional (como alguns pesquisadores cogitavam), ficou comprovado também que esse não é um problema relacionado ao agulhamento a seco.


Otimização do processo de recuperação

Como vimos ao longo deste artigo, uma das vantagens do tratamento com agulhamento a seco é que a melhora do quadro acontece desde a primeira sessão. Um dos motivos para isso é a aceleração do processo de recuperação. 

Em um estudo realizado na Universidade de Queensland, na Austrália, foram investigados os benefícios do agulhamento a seco em casos de lesão de chicote crônica, um problema de difícil tratamento por meio de terapias físicas. 

A técnica se mostrou uma ótima alternativa para acelerar o processo de cicatrização, reduzir o custo econômico do tratamento e minimizar a dor e a incapacidade, após três semanas de tratamento com exercícios sem resultados expressivos. 



Conheça o Curso de Especialização em Acupuntura do CEIMEC

O curso é supervisionado pelo Prof. Dr. Hong Jin Pai, médico pioneiro na Acupuntura Médica no Brasil, professor colaborador da Universidade de São Paulo, e chefe do Ambulatório de Acupuntura do Centro de Dor da Neurologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-FMUSP).

Além do Dr. Hong, você receberá aulas de médicos de diversas especialidades, com pós-graduação em Acupuntura e Medicina Tradicional na China e ampla experiência clínica e de pesquisa em Acupuntura.

Saiba mais e faça a sua pré-matrícula.

+ posts

Centro de Estudo Integrado em Medicina Chinesa (CEIMEC)

Compartilhe em suas redes sociais

Especialização em Acupuntura Médica

Reconhecida pelo Colégio Médico Brasileiro de Acupuntura 

Próxima turma em ABRIL de 2022 – PRÉ-MATRÍCULA ABERTA